A força transformadora do amor

Têm gente que acredita que a dor transforma e ensina. Que se não for movido pelo amor, a dor entra no jogo e altera o rumo das coisas.

A verdade é que a dor somente é a manifestação da falta do amor. Se uma pessoa não aprende a amar, a vida de alguma forma, insiste em pôr essa pessoa de frente com alguma dificuldade, em contato com a dor para que logo ela possa aprender e, portanto, a amar.

Como vemos o amor é o que move a vida. Por mais banalizado que esta simples palavra esteja em nossa sociedade, ela ainda tem o maior poder em nosso planeta. Pelo amor somos capazes de vencer medos e superar dificuldades. O amor é a razão para ainda haver sorrisos no mundo apesar de tanta tristeza.

O amor existe em toda parte. Nos casais enamorados, nos latidos e pulinhos de felicidade de um cão recebendo seu dono, nos olhos das crianças admirando seus pais, nos pais vendo seus filhos evoluírem, no semblante de quem conquista sonhos, no toque de uma mão que compreende o sofrimento alheio, no sorriso sereno de quem vence uma doença, nas lágrimas de quem sente saudade, nos gestos das pessoas se despedindo uma das outras, nos abraços que unem dois corações, nos beijos que levam as pessoas para outras dimensões…

Poderia descrever aqui inúmeras vezes este sentimento ainda sem definição, mas com uma força extraordinária, capaz de unir céu e terra, de mover montanhas, de curar, de fazer milagres diários surgirem diante de nossos olhos tão incrédulos!

Eu sei, têm dias que parece que estamos tão acinzentados, com uma nuvem preta sobre nossas cabeças que não conseguimos ver o amor no ar, nem corações voando por ai. Tudo de melhor passa despercebido e sem graça pela nossa mente.

Mas, hoje quero apenas confirmar que o amor existe, que mesmo se o dia amanheceu sem aparente alegria, se o interior está cheio de nuvens carregadas e incertezas do amanhã, é possível reconhecer pelo menos em alguma coisa a presença do amor e da sua força em sua vida nesse momento…

Veja bem, se apesar de triste você abriu os olhos e pode enxergar, o amor existe ai. Se você levantou e pode andar, mesmo que com ajuda de cadeiras de rodas, o amor existe. Se for possível alimentar sozinho ou se ainda alguém alimentar você, ainda existe amor. Se o sol nasce lá fora, ou se chove, se faz calor, se faz frio, se está no interior ou se está no litoral, existe amor. Se está com saúde, se está doente, mas alguém cuida de você, se está num hospital, se está em sua casa, se está na praça ou numa prisão, ainda existe amor ai. Se está temente a Deus ou se vaga solitário descrente, ainda assim existe amor.

Sabe por quê? Porque o amor vive e vence tudo todos os dias! Enquanto houver vida, ainda haverá esperança e tempo para ser feliz, independente da situação mais difícil que você estiver enfrentando.

Vamos lá, reaja, toma um banho, coloque aquela velha roupa confortável que você gosta tanto, toma aquele café quentinho que te anima, se não quiser arrumar o cabelo, tudo bem, faz um rabo de cavalo e saia de cara lavada. Olhe para o céu, respire fundo, olhe a sua volta, ouça os sons, perceba que o amor está em tudo, mas se mesmo assim você não ver, coloque a mão sobre seu peito e sinta seu coração bater, ai dentro existe o maior motivo para sua felicidade… Você existe, o amor existe, o amor é você.

Deixe seu comentário. É muito importante para mim.