Termina logo 2016!

tumblr_ldug67kf2j1qfyn20o1_500

Quantos não pensaram isso desde que este ano chegou ao topo de acontecimentos tristes, trágicos e estarrecedores? Se não todos a maioria não é? Esse sentimento só cresce, talvez porque estejamos cansados e cheios de experiências traumáticas ainda não resolvidas.

Como quem se agarra ao que pode, o fim do ano possibilita, em nível quase inconsciente, que tudo se renove dentro e fora de nós, como se um novo ano, a partir de 01/01/2017 pudesse trazer bons ventos e experiências mais felizes, e por que não duradouras?!

Eu espero, como a maioria das pessoas, que assim seja. Estamos cansados, é tanta notícia ruim, são mesquinharias, arrogâncias, desrespeitos, guerras, corrupção, menosprezos, tragédias, violência, crises econômicas… Assusta todo tipo de gente ligar uma TV e assistir o noticiário, seja aqui no Brasil ou em qualquer lugar no mundo!

Vejo cada dia mais gente sofrendo, e a pior de todas as dores é a falta de esperança. Acabei de ler uma frase num grupo escrito por uma mulher “O que fazer quando sentimos que viver não vale a pena?” É difícil demais responder esta pergunta. É preciso saber ouvir atentamente o que ela quis dizer quando escreveu isso, pedindo aos leitores ajuda, cada pessoa escreveu alguma coisa com o intuito de ajudar, alguns pareciam coerentes, outros nem tanto, alguns ainda julgavam mais do que ajudavam.

Verdade é que somente cada um sabe a dor que carrega em seu peito, seja por estar sofrendo por si mesmo, ou porque sofre pela dor de outra pessoa. E o sofrimento por si só já é uma carga pesada demais, que acumula sentimentos secundários que nada acrescem de bom. Mas é claro que tudo tem dois lados, até em grande sofrimento podemos aprender coisas que nos ajudarão lá frente, mesmo que hoje não seja possível ver um palmo a frente do nosso nariz.

Quando sofremos a fé ajuda com certeza, crer em algo maior sempre nos impulsiona a ter esperança, e consequentemente sentimos mais fortes para enfrentar as dificuldades da vida. Mas é necessário também ter apoio da família, de amigos e de profissionais. Quando as pessoas nos dizem seu sofrimento, a maioria não gosta de ouvir ou acaba julgando a pessoa como fraca, com pouca autoestima e fé, mas o problema é sempre muito maior do que vemos. Existe um abismo entre o que achamos e o que realmente está acontecendo dentro da pessoa que sofre.

Independente de ser uma depressão, uma tristeza, uma angústia, uma fobia ou uma ansiedade, antes de tudo a pessoa precisa ter com quem contar, ninguém deve ficar isolada, esperando sozinha encontrar uma solução dos seus problemas, é preciso dividir, falar, dialogar, para que alguém, leigo ou profissional, possa ajudar de alguma forma.

Acredito muito na força que cada ser humano tem em se reerguer, em superar suas tristezas e resolver seus problemas, muitas vezes o que falta é a pessoa perceber isso, por isso que muitos profissionais atuam de forma que seja possível ajudar na descoberta do desconhecido dentro dele mesmo tudo aquilo que precisa para ter uma vida mais equilibrada e feliz.

É preciso antes de tudo, entender que a vida tem sim seus altos e baixos, nem sempre fará um lindo dia de sol na praia, haverá dias de tórridas tempestades que podem virar os barcos e fazer ondas gigantes invadirem ruas, casas e tudo mais. A felicidade não existe todos os dias. Por mais que muitas pessoas pareçam ser sempre felizes e estar saindo de um conto de fadas! Nem sempre o que parece ser é a realidade.

Com esta compreensão da vida, teremos certeza de que nada dura para sempre, nem a alegria, nem a tristeza, e por isso mesmo, será possível perceber que apesar de hoje não dar pra ver uma luz no fim do túnel, talvez amanhã seja possível sim, e se não for possível sozinha, que alguém esteja ao lado, seguindo lado a lado e sempre em frente, porque uma hora o objetivo é alcançado.

Este ano pode terminar, com ele vai toda esta enxurrada de tristezas, não foram poucos os pesares, nem as dores, nem as lágrimas. Que seja possível pelo menos retirar de cada um o peso morto, porque seguir com um peso desnecessário nas costas de coisas que não podem ser mudadas como ressentimentos, mágoas e ódio nada irá contribuir para o nosso crescimento, cada vez mais leves, este é o segredo.

Talvez não possamos sair mudando o mundo, porque se fosse possível faríamos muitas coisas, pouparíamos muitas vidas, cuidaríamos de muitas crianças, saciaríamos a fome de muita gente, curaríamos as pessoas de muitas doenças, apenas podemos mudar a nós mesmos, injetando sentimentos bons que podem mudar o ambiente que vivemos, quando mudamos o que está em volta de nós muda também, e quem sabe assim, poderemos ter um 2017 melhor do que foi esse ano de 2016?

Deixe seu comentário. É muito importante para mim.