Eu amo ser tia!

img1469558548361

 

Ontem li um texto inspirador, falando sobre a deliciosa experiência de ser tia. Hoje este texto é inteiramente dedicado ao meu mais lindo dos mais lindos sobrinhos do mundo: Davizinho. A maioria das pessoas dizem que ser tia é uma das melhores coisas do mundo, e que só tem coisas boas nisso. Eu concordo plenamente!

Quando me tornei tia houve uma mudança radical na minha vida, primeiramente passei a dar mais importância e valor às pessoas, momentos e gestos, passei a querer dar sempre o meu melhor para ele e com ele. Ser tia é a eterna tentativa de ser absolutamente tudo para alguém! Para um ser tão pequeno, mas que transforma a vida da gente para melhor!

Quando me tornei tia foi o melhor e maior presente que minha irmã poderia me dar. Os irmãos são nossos amigos, mas eles muitas vezes nos irritam, são chatinhos e implicantes, nossos sobrinhos não, eles são seres mais lindos e iluminados e nos fazem pensar em ser mãe ou pai, por que não?

Como é engraçado ver nossos irmãos aprendendo a ser pais. Rimos quando eles não obedecem, rimos quando eles fazem travessuras, rimos quando eles falam erradinho e trocam palavras.  E pensamos: “não deve ser tão difícil assim, quando chegar a minha vez de ser mãe tudo vai ser diferente”. Até que chega o nosso momento de sermos, ai sim “o bicho pega, rs”!

Ser tia é como se vivêssemos num mundo a parte, voltamos a sorrir, imaginar, acreditar, sonhar, apesar de tudo… É estragar com mimos, chocolates e presentes, é poder ouvir a palavra “titia” e sentir-se sempre muito importante. É um sentimento definitivamente único. Eles podem pedir o que quiser, vamos conceder!

É não resistir dar colo, abraços, mimos e beijinhos, que delícia gente! Ser tia é aproveitar cada minutinho do tempo e transformá-los em eternos momentos de lembranças felizes. Vejo quase todos os dias vídeos do meu sobrinho comigo, como é bom ouvir a sua voz, as caretinhas e os sorrisinhos gostosos! Ser tia é se preocupar com os sobrinhos como se fossem nossos filhos, mas sabendo que eles têm mães e pais que olham por eles, e que são eles que têm a parte mais chata, a de educar!

Ser tia é ficar longe por 5 dias, 1 mês, até mais e ter a sensação de que eles já começaram a falar em outro idioma, que já estão mais crescidos, que engordaram, que emagreceram, que estão muito mais inteligentes e lindos, é com eles que vemos e aprendemos que o tempo passa tudo muito rápido e que não o podemos controlar.

Ser tia é acordar cedo vendo a ligação da sua irmã, porque seu sobrinho acordou os pais e quer porque quer sair da cama somente com sua tia, e infelizmente ela está mais de 1.000 km de distância! Aprender a lidar com carinho, com a ternura, com o amor é definitivamente o melhor tesouro que a vida pode nos dar. É fazer parte de histórias e procurar estar sempre por perto quando eles precisam. Fazer parte da vida deles, ser importante para eles!

E também tomar banho e dar banho e descobrir que banho mesmo só eles tomam, porque não conseguimos nem molhar os cabelos! É brincar com o amigo imaginário, é ter longos diálogos sobre o lobo mau e a dona aranha, é cantar músicas da Galinha Pintadinha e do Patati Patatá, assistir Discovery Kids e estar por dentro de todos os super-heróis do momento!

Ser tia é ensinar a fazer um bolo e correr o risco de ovos inteiros caírem na massa! E dormir abraçadinha e de repente perceber uma babinha escorrer no seu ombro e não sentir nojo, é contar um milhão de historinhas e ele lembrar todas e pedir novas, é deixar que pintem o sete e não se preocupar em depois ter de arrumar tudo, é ainda comprar mil chocolates e lhe entregar em segredo para que sua irmã não perceba que está empanturrando seu filho de doces!

Quer saber, as tias podem amar do mesmo jeito que as mães, guardar os segredos secretos como uma irmã, dar amizade e carinho como uma amiga, e amar esses pequenos seres como se fossem seus. Ah como é maravilhoso ser tia, como eu agradeço à Deus por este lindo presente!

Ser tia, resumindo, é amar sem limites alguém que não é nosso, mas a quem nós pertencemos, de corpo, alma, coração! É acompanhar o crescimento e torcer muito para que a cada dia seja muito feliz e que nunca deixe de fazer parte da sua vida. É algo sublime, inenarrável, apaixonante e fascinante. Eu amo muito tudo isso!

Deixe seu comentário. É muito importante para mim.