Um breve relato sobre 2015

 

tumblr_l2oi5hmDX71qa67j3o1_500

 

É meus caros leitores, o ano está pertinho do fim. Já dá para olhar 2016 ali batendo a porta! E olhar para esse ano que passou e se despedir, está sendo um processo assim, exausto.

Vou me explicar, não que esteja apegada a tudo que passou neste ano, pelo contrário, este ano acredito eu, foi um dos mais difíceis na vida de muita gente! Foram muitas dificuldades, nos relacionamentos, na humanidade, na vida em geral.

Os relacionamentos cada dia mais frios, vazios, sem vida. As pessoas desacreditando do amor, desvalorizando as relações físicas, o convívio com a família, com amigos. As pessoas se desfazendo de laços…

Na área da Política, além da corrupção desmedida, do descaso com o povo, coisas que estávamos “convivendo há anos”, o que estava ruim ficou pior, o desemprego bateu na porta de muita gente, vimos amigos, familiares e até nós mesmos perdendo o trabalho.

A inflação, os preços dos alimentos, gasolina, água, energia (…) saltaram aos olhos, a violência nos aprisionou em nossas casas, os problemas financeiros, as guerras, os ataques terroristas, os direitos violados, o desrespeito com o próximo…

E as catástrofes ambientais, pessoas perderam tudo, ainda sem saber se voltarão para suas casas, rios foram destruídos, animais, plantas exterminados, tristeza, desespero, amarguras… Pessoas fazendo justiça com as próprias mãos, sentimentos de vingança, de ódio! Pais matando seus filhos, filhos matando seus pais! Pessoas se foram, pessoas adoeceram, pessoas sofreram…

Por todos estes e outros motivos, parei de assistir jornais, não quero e não vou me encher de coisas tão ruins, desgastantes, bizarras, desumanas!

Fatos, acontecimentos, que marcaram muito as nossas vidas, mas, mesmo assim, com todo esse quadro borrado de tristeza, entre pequenas frestas há a esperança, sim, ela que tem a cor que você quiser, ela que faz com que acordemos acreditando que o dia vai ser melhor, apesar dos pesares.

É a esperança que nos faz ter sonhos, acreditar que podemos dar grandes vôos, que não percamos a fé nas pessoas e na humanidade. É ela a razão de ver tanta dor, tantos problemas, tantas desilusões e nos motivarmos ao ponto de crer que 2016 pode e será melhor que este ano.

Sabemos que a vida é uma caixinha de surpresas, às vezes agradáveis outras tenebrosas, mas que bom que seja assim. Enlouqueceríamos se soubéssemos o que iriámos enfrentar ali na frente ou morreríamos de felicidade. O coração é frágil gente! São muitas emoções.

O importante é a esperança e a fé, com esses sentimentos poderosos podemos ser felizes e menos ansiosos, mais motivados e menos pessimistas, podemos crer no amanhã mesmo sem saber se chegaremos lá.

Diante de cenários tão opressores e cinzentos devemos nos munir, encher nossos corações de amor, de desejos do bem, da harmonia, da paz, da confiança em Deus. Nossos pensamentos devem estar conectados a tudo que nos faz bem, que são importantes e essenciais à nossa vida. Cada um deve fazer uma lista de prioridades e seguir 2016 realizando-as.

Não adianta reclamar e também não fazer nada! Arregaçar as mangas e trabalhar não só no nosso “ganha pão”, mas pelas pessoas, pelo mundo, atos generosos, caridosos, fraternos, fazer realmente algo que nos acrescente e nos evolua.

Que 2016 não seja um ano de relacionamentos virtuais, frios e vazios, mas calorosos, reais e cheios de ternura, aconchego, calor.

Eu sei, que como eu, seu corpo hoje está exausto, foi um ano pesado, cansado e para muitos triste, mas alegria minha gente! Tivemos avanços em 2015, muitos foram pais, outros realizaram sonhos, outros se casaram, outros mudaram de cidades, outros iniciaram suas faculdades, outros encontraram o amor de sua vida, outros voltaram a se exercitar, outros abriram seu próprio negócio, outros conseguiram se curar, outros conseguiram ter mais uma chance de viver…

Estão vendo? Tivemos uma balança, de perdas e ganhos, mas depende muito do nosso olhar, se olharmos mais para um lado desfavorecemos outro.

Por isso, tenha olhos esperançosos, tire um saldo positivo de tudo e deixe de se “alimentar” de notícias ruins. Podemos sim ter um ano melhor, porque tudo é uma questão do ponto de vista e de quanto estamos dispostos a aprender e evoluir nas nossas dificuldades.

Um ano cheio de luz, saúde, ternura, doçura, sabedoria, esperança, alegria, união, amor, respeito, tolerância e paz para todos!

Deixe seu comentário. É muito importante para mim.